6 de dez de 2007

Comunicação Corporativa - que novidade é esta?

“"Não se assuste, comunicação corporativa não é uma nova ciência ou nova modalidade de comunicação. Na verdade, para nós, relações públicas, o que tem de mais novo é mesmo o nome. Quem já ouviu falar ou já aprendeu alguma coisa sobre comunicação organizacional ou comunicação empresarial, não está longe da comunicação corporativa. O que ocorre é que a expressão “corporativa” entrou na moda. Enquanto até uns anos atrás se usava organização ou empresa para nos referirmos ao conjunto de todas as divisões de uma instituição, hoje, em função da ascendência inexorável das multinacionais, que geralmente são de origem estrangeira e que têm cada vez mais filiais espalhadas pelo mundo, passou-se a dizer corporação. Em termos de Brasil, nada mais natural. Afinal, não é necessário sermos grandes analistas antropológicos e lingüísticos para sabermos que as expressões americanas, ou, pior, americanizadas, são uma verdadeira febre nacional. Então, vamos deixar claro desde já que comunicação corporativa, comunicação organizacional e comunicação empresarial são sinônimos e que assim serão utilizados neste artigo.



Os princípios da comunicação organizacional não mudaram muito ao longo do tempo. Trata-se da gestão estratégica da comunicação da organização, ou seja, o planejamento e administração dos relacionamentos da empresa pela utilização dos princípios da comunicação social, com o objetivo de construir e manter a identidade, imagem e reputação

empresariais perante todos os seus públicos. Dessa forma, considera-se a empresa como um todo, um corpo único, que, embora formado de diferentes partes, segue (ou deveria seguir) os parâmetros determinados pelo caráter e personalidade que a caracterizam e orientam todas as suas ações e reações.



A comunicação corporativa, portanto, segue ocupando-se da análise do ambiente em que a empresa se insere, identificando e conhecendo as especificidades dos diversos públicos com os quais se relaciona e desenvolvendo estratégias de comunicação adequadas que atinjam esses públicos e possam deles auferir resultados alinhados aos objetivos organizacionais, sem perder de vista o movimento cada vez mais veloz de constante mudança no mundo globalizado. A diferença, entretanto, da antiga para a nova comunicação empresarial encontra-se na evolução e revolução constante das necessidades e expectativas dos públicos, que deixaram de ter o posicionamento passivo e condescendente do início do século vinte, para assumir, demonstrar e manifestar suas vontades, exigências ou mesmo carências e demandar atenção cada vez mais individualizada".



Estes três parágrafos são apresentados assim, entre aspas, porque pertencem a texto da relações públicas Ana Manssour e compõem o artigo "Comunicação corporativa - que novidade é essa?", mais novo acréscimo da seção RP em Expressão (www.mundorp.com.br/rp.artigos.htm) do nosso Mundo-RP. Artigos são aceitos pelo email rodrigo@mundorp.com.br, acrescendo-se breve descrição do autor com email de contato. Participe. Interaja.


Retirado do site www.mundorp.com.br

II Congresso Abrapcorp em Belo Horizonte/MG, com o tema central "Comunicação, Sustentabilidade e Organizações".

A Associação Brasileira de Pesquisadores de Comunicação Organizacional e de Relações Públicas - Abrapcorp (www.abrapcorp.org.br) e a Faculdade de Comunicações e Artes e Mestrado em Comunicação Social da PUC Minas realizam nos dias 28, 29 e 30 de abril de 2008 o II Congresso Abrapcorp em Belo Horizonte/MG, com o tema central "Comunicação, Sustentabilidade e Organizações". O evento será realizado no Campus Coração Eucarístico. O II Congresso Abrapcorp 2008 contará com um painel inaugural, quatro mesas redondas, oito Grupos Temáticos, para a apresentação de comunicações resultantes de pesquisas em nível de pós-graduação e de trabalhos de Iniciação Científica, e oficinas voltadas para alunos de graduação. O Congresso reunirá pesquisadores e estudantes das Ciências da Comunicação de todo o Brasil e abordará, entre outras questões, a contribuição da comunicação para a sustentabilidade nas organizações, comunicação, ética e transparência nas organizações e avaliação e resultados da ação da comunicação na sustentabilidade organizacional. Já foram confirmadas as presenças dos convidados internacionais Stanley Deetz, da Universidade do Colorado em Boulder e Arlette Bouzon, da França. O congresso visa promover o contato entre estudiosos brasileiros e internacionais dos campos da Comunicação Organizacional e das Relações Públicas, objetivando acordos bilaterais de cooperação acadêmica e parcerias universitárias, bem como maior interlocução com o mercado de Comunicação no Brasil. Os temas para os GTs são: 1) Teorias, história e procedimentos metodológicos em estudos de Comunicação Organizacional e Relações Públicas; 2) Gestão de relacionamentos, opinião pública e públicos nas organizações; 3) Comunicação digital, inovações tecnológicas e os impactos nas organizações; 4) Linguagem, retórica e análise dos discursos institucionais; 5) Relações Públicas comunitárias, comunicação no terceiro setor e responsabilidade social; 6) Comunicação pública, governamental e política; 7) Processos, políticas e estratégias de comunicação em organizações privadas e 8)Estudos de Iniciação Científica, Pesquisa Experimental e Projetos desenvolvidos em Cursos de Graduação. Mais dados pelo www.abrapcorp.org.br/congresso2008.asp .

4 de dez de 2007

Fala RP!

A idéia surgiu de 3 blogs mantidos por profissionais de Relações Públicas (Marcia Ceschini “Oras blog!“, Telma Ito “RedeRP” e Wallace Ischaber “O Pato“), fomentada por meio de várias teleconferências que fizeram para debater a profissão de Relações Públicas.
Detectaram a necessidade de estarem em constante contato com o que há de mais moderno na comunicação e de passar isso para o dia-a-dia das Relações Públicas, assim nasceu o Fala RP!

Um espaço onde será debatido quinzenalmente entre os profissionais idealizadores do projeto e eventualmente convidados, o que se comenta nos corredores da comunicação.

Serão podcast com assuntos 360º. O foco principal é RP, mas tudo que estiver ligado a comunicação e seus novos canais também farão parte das pautas.

Vc pode participar e divulgar.
Fale RP! Por RP e para RP! Sua colaboração será bem vinda.

3 de dez de 2007

portal Mundo-RP inaugurou um novo design e uma nova proposta.

O primeiro domingo deste dezembro trouxe a comemoração do Dia Nacional de Relações Públicas.
Aproveitando a data, o portal Mundo-RP ( www.mundorp.com.br) inaugurou um novo design e uma nova proposta.
O site foi criado em abril de 1997 com a intenção de divulgar a profissão e os profissionais da área.
O espaço traz informações básicas do setor nos últimos 10 anos e conta com a colaboração de uma série de universitários, professores e profissionais de todo o Brasil.
Com a reestruturação, as quase 100 páginas internas foram enquadradas no novo formato e os textos recriados por um conjunto de convidados.
Os textos são enviados mensalmente para cadastrados, num mailing superior a quatro mil nomes de oito países.
O conteúdo também é disponibilizado aos 400 integrantes da lista de discussão Mundo-RP (http://br.groups.yahoo.com/group/mundo-rp).
O portal foi idealizado e é mantido por Rodrigo Cogo, graduado em RP pela Universidade Federal de Santa Maria, do interior do Rio Grande do Sul.
Concluiu ainda os cursos de aperfeiçoamento “Qualidade Total” pelo Sebrae, Promoção de Vendas e Marketing de Relacionamento pela ESPM e Pesquisa de Mercado pela FGV.

02 de dezembro Dia Nacional das Relações Públicas.

Até que enfim o fim!
De uma campanha que começou em cima da corda bamba, alimentada pela paixão, mais do que pela razão. Pela necessidade quase compulsiva de fazer a diferença e tornar-se inesquecível. Eu mesma me empolguei muito, porque sou pessoa entusiasta, mas como muitos me decepcionei, com a intransigência coisa que tenho asco e a vaidade que me causa arrepios.
A campanha será inesquecível não tanto pelas ações amplamente divulgadas nas listas de discussões e no próprio site, mas pelos bastidores onde opiniões diversas foram surgindo e geraram um amplo questionamento e reposicionamento de todos, nos bastidores onde as mascaras foram sendo perdidas e a verdadeira face de cada um foi aparecendo. Bastidores onde realmente as coisas acontecem, onde as tramas se intensificam ou as verdades se revelam.
Que esse dia seja realmente um dia de fechamento para a visão limitada e as atitudes timidas de posicionamento, que seja também um momento de renascimento para as responsabilidades individuais de cada um do papel a realizar para o sucesso de todos. Se nos dispusermos a fazer o nosso melhor nos contextos aonde estamos inseridos, já será uma grande ação e acabará por adicionar ao coletivo das RPs.
Durante esse ano exercitamos nossas lições de casa de cidadania, política e liberdade de expressão, viver em sociedade é isso e a controvérsia é o adubo para o crescimento consciente.
Vamos juntos sim! Essa jornada está apenas começando e agora que já sabemos em qual direção temos que ir, fica mais facil a partir de agora.
Desejo a todos profissionais e estudantes PARABÉNS pelo nosso dia!!!!
Merecemos.

Abraços a todos.
Milene.