28 de mar de 2008

Inteligência na Comunicação é tema do 1º Fórum Abracom

A Inteligência na Comunicação é o tema central do 1º Fórum Abracom de Gestão e Comunicação Empresarial, que será realizado no dia 28 de abril de 2008, das 9h00 às 18h00, no auditório do Centro Brasileiro Britânico, na Rua Ferreira Araújo, 741 em Pinheiros, São Paulo (SP). A gestão dos processos de comunicação nas organizações será debatida por um time de empresários, gestores da área, acadêmicos e pesquisadores para um público formado por executivos e pós-graduandos da área de comunicação.
Serão abordados temas como potencial e liderança de equipes criativas, o valor estratégico da comunicação, reputação e crescimento sustentável. E para discutir sobre esses assuntos estão confirmados palestrantes como o consultor Eugênio Mussak; o economista João Manoel Cardoso de Mello, da Facamp; Francisco de Assis Bulhões, da Companhia de Concessões Rodoviárias-CCR; Marcelo Xavier de Mendonça, da TAM; Luiz Kauffman, da Medial Saúde; Luiz Carlos Dutra, da Unilever; Nelsom Marangoni, do Ibope; e o Profº Doutor Mitsuru Yanaze, da ECA/USP.

As vagas são limitadas, e os preços promocionais vão até o dia 31/03. Os interessados devem entrar em contato pelo telefone: (11) 3079-6839 ou pelo e-mail: contato@abracom.org.br.

Fonte: ABRACOM

Oficina da Palavra ganha concorrência do Ministério Público

A Oficina da Palavra foi a agência de comunicação vencedora da licitação realizada pela Escola Superior do Ministério Público da União para contratação de empresa especializada para ministrar curso de formação de porta-voz aos membros do Ministério Público da União.
A licitação, na modalidade técnica e preço, foi a mais concorrida de 2007 na área de comunicação corporativa. Como a seleção da empresa foi feita pelo Sistema de Registro de Preço, o treinamento pode agora ser realizado por qualquer outro órgão público, federal, estadual ou municipal, sem a necessidade de nova licitação.
A disputa durou quase seis meses e contou com a participação das principais agências de comunicação do País, como a In Press Porter Novelli, CDN e Máquina da Notícia. Ao todo, foram analisados sete quesitos técnicos, estabelecidos em edital, além da experiência da empresa e a qualificação da equipe.

"O formato de licitação estabelecido pelo Ministério irá facilitar a capacitação de diversos gestores públicos das esferas federal, estadual e municipal. Hoje em dia, o curso de media training é uma ferramenta estratégica no processo de formação de imagem de uma instituição", afirma Patrícia Marins, sócia-diretora da Oficina da Palavra.

Fonte: Aberje

Comitê de Sustentabilidade ABERJE

A sustentabilidade está na ordem do dia. É um conceito sistêmico, que resulta e se reflete nas atitudes das pessoas e das organizações e está diretamente ligado à sobrevivência do planeta.
Para uma ação ser sustentável ela deve envolver quatro requisitos básicos: ser ecologicamente correta; economicamente viável; socialmente justa; e culturalmente aceita, de maneira a prover o melhor para as pessoas e para o ambiente tanto agora como para um futuro indefinido.
Sustentabilidade é o ponto de intersecção entre as estratégias de negócios de uma empresa e os interesses de toda a sociedade. O desafio é transformar conhecimento em ações que efetivamente vão contribuir, sem enganos, para a inserção das práticas de sustentabilidade nas estratégias de negócio das corporações. O tema é urgente, inescapável para quem trabalha em empresas.
É com base na importância deste assunto, que a ABERJE realiza no dia 10 de Abril o Comitê de Sustentabilidade. Participarão do encontro Rolf-Dieter Acker, Presidente da BASF para a América do Sul e Marco Simões, Diretor de Comunicação da Coca-Cola Brasil.

O evento, que é exclusivo para associados, será realizado, das 08h30 às 11h30, na Rua Frei Caneca, 1360 – Cerqueira César, em São Paulo.

Os interessados podem entrar em contato pelo telefone (11) 3662 3990 (falar com Emily).

Fonte: Aberje

24 de mar de 2008

Comunicação e Movimentos Sociais

O curso abordará a dinâmica de atuação dos movimentos sociais na civilização tecnológica midiática. A proposta central é a de refletir e compreender os processos de articulação da sociedade civil em fóruns e redes, como estratégias de articulação e mobilização e, em alguns aspectos, de luta pelo direito à comunicação.

Principalmente a partir da segunda metade do século 20, o surgimento dessa civilização marcada pela comunicação e pelas tecnologias implicou mudanças nas formas de mobilização das redes sociais, que passaram a se articular politicamente sob a mediação das redes tecnológicas.

Entre outros aspectos, o curso trata da visibilidade (na mídia ou espaço público) e da invisibilidade (nos momentos de articulação, em que se retiram da cena pública) dos movimentos e das suas estratégias de avanços e recuos em relação à sociedade, em busca de espaço e poder, que subvertem os paradigmas comunicacionais vigentes e determinam novas formas de fazer política.

Início: 26 de março de 2008

Fonte:PUC SP